sábado, 31 de dezembro de 2016

Feliz Novo Ano

 31-12-2016 (1:11)

Estamos a menos de 24 horas do final de ano 2016, tão difícil em todo o seu entorno, no qual vemos o degredar dos nossos, onde a injustiça permanece infelizmente, sem nada podermos fazer.

Roguemos assim por melhores dias para que novos ventos soprem elementos positivos e nos alimentem cada dia, que cada momento revele outras ondas e melhores pensamentos. Vivamos para acordar num  melhor circuito, num tema de luz que até seduz em cores de emoção e de profunda razão.

O mundo escorrega muitas vezes deixando um todo atabalhoado, onde se geram confusões e alguns  encontrões. Sonhos se tentam, mas há quase sempre algo que corra mal, neste novo ano que se imponha a viragem para o sucesso é para a transformação. Para que autoconhecimento faça o seu papel redundante, num extremismo de mudanças transformadoras que nos mostrem um caminho de vida bem diferente. 

Que o sorriso, a felicidade, a saúde nos pertençam neste novo ano de 2017. Num tempo de mais cor e animação.

Thereza Green


 I. Original Thereza Green

Feliz 2017 



terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Inspiração

11:00

Novas conversas surgiram através de pensamentos e modos de estar semelhantes.

A vida nem sempre é como gostaríamos, temos de ir ultrapassando o que é imposta no diário da nossa vida.

Sorrisos se pedem para abarcar novas perspectivas e conhecer novas pessoas que nos farão ver o mundo por outro prisma.

Thereza Green

(imagem WEB)

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Parabéns especiais

19h30

Um abraço te envio
No sentir sem arrepio
Assenta a luz do bem 
Que representa quem tem.

Parabéns e muita saúde
Elementos verdadeiros
A quem desejo muito bem
A essência e razão que vem.

Acredito o melhor para ti
És aquela pessoa que vi
Que tem um belo futuro
Na época natalina não há furo.

Beijinhos de muita amizade neste novo recomeço.

Thereza Green

(Imagem Web)

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Momento de conexão para o Natal 🎄

20:03

Aceitar defeitos é virtuoso neste tempo guloso.
Alegrem-se os planetas e as galáxias 
Entrem no divagar e num melhor operar
No desvairar vagabundo a actuar
Gozos e desvarios nos mostram caminhos 
Onde vemos ritos de paixão e onde se apontam desenhos
De seres de luz que esperam uma razão para surgir
Alimentando tempos prazerosos que podem emergir.


Natal é vida num transtorno emotivo traduzido em cansaço 
É energia e luz que assentam no intemporal do meu regaço
Acredito que a fé nos salva e pode trazer a calma em falta
Na ausência de sintonia reflete um âmago nem sempre em alta.

Thereza Green
(Imagem original tirada por Thereza Green) 








sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Luar cheio de quase Natal



🌕 16-12 (22:59)

🌕



A Lua já não está tão cheia, mas continua encantadora e ainda bela. Especial em toda a sua luz que muito seduz e induz a um encanto maravilhoso. Ela eleva o espírito para lá dos limites do universo. A vida é linda, mas com a lua fica muito mais luminosa, mais divina. Num tom recheado de gostos e reviravoltas agraciadas por espíritos de luz, onde a verdade e a ilusão começam a desvendar-se.



A Lua levanta a auto-estima um pouquinho assentando a alma num patamar diferente, num tempo onde temos a instância de sensatez e maluquice ao mesmo tempo. Temos de fazer sorrir a alma, fazê-la ir mais além do que fictício.




Alegrem-se os céus e a terra 🌏, acreditemos num novo olhar, no pensar razoável, numa razão de existir e de querer viver através do fio da agulha.

Que o Natal seja de bons pensamentos 💭 e de bons e novos segredos...







Feliz Natal



Thereza Green














sábado, 10 de dezembro de 2016

Energia natalina

21:00

A energia de Natal 🎄 nem sempre traduz o que é prazeroso e especial, apesar de ter um lado importante quando as famílias se unem, esquecendo-se  de divergências passadas, nas quais as mágoas  colidem de forma gradual, mas num só clique o espírito natalício entra em ação e despertam boas sensações agradáveis.

Há que acreditar em novos temas, em novas perspectivas, outros pensamentos, outras fontes, perfeitos caminhos de luz sem euforia insensata.

Somos aquilo que pensamos, por isso há que acordar o pensamento para ativar a autoestima na sua força máxima, cada dia é uma batalha, vejamos um encarar do mundo em forma positiva e sobretudo num pensamento 💭 construtivo.

Achemos a melhor porção em tudo o que nos parece mau, vivamos num despertar constante para o autoconhecimento. Sejam felizes com um novo mundo na vossa mente, um despertar para uma vida onde o sorriso completa todos os momentos.

Boa época natalícia 


Thereza Green



 (Imagem criação própria )



domingo, 4 de dezembro de 2016

Emoção

Vivemos num tempo de emoções confusas, num acreditar diferente, num olhar absorto de qualquer jogo ou nebulosidade.

Thereza Green


A mostrar thec8.png

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Contornar ondas más

19:51

Entramos muitas vezes  numa onda de percepções inconstantes onde uma roda vida nos vai atirrando em ventanias desajustadas que afastam a boa temperança.

Há que tentar contornar o que nos deita abaixo e desconsola os dias presentes, temos de nos mover para irmos para lá da desilusão , há que tentar acreditar em novos temas ou outros lemas, numa realização efémera.

Ondas de boa energia precisamos nestes tempos de instabilidade, onde o mundo caminha afastado do que realmente importa, a amizade, o amor ❤️, tudo numa representação de boa índole e de boas sensações.

Thereza Green

Imagem original (Thereza Green)

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Tudo está bem.!?

20:19


Cada dia reflete novos sentidos, novos pensamentos, novas estratégias configuram a razão de ser de cada minutando, de cada flash de prazer e desilusão.

Existe solução mesmo quando tudo parece nublado e sem sentido prático, numa tomada de consciência radiosa e exclamativa. Temos de achar alegria no meio daquela tempestade que nos afoga a positividade de forma cruel.

Há que achar,  nem que seja aquele sol de inverno, que nos desvenda o segredo de alguma felicidade.

Loucura ou  autismo, onde será que o ser se encaixa, onde está o seu rumo..?

Thereza Green 
(Imagem original, oferta de uma prima linda)



sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Sonho de amanhã

O futuro, o amanhã espera por novas visões, novos saberes, novas crenças. Um olhar mais positivo sobre o mundo.

Querer voltar a sonhar, acreditar em todas as possibilibidades e expectativas.

Não pensar que o tempo acabou, já mais nada importa, nada interessa, tudo se resume a um sistema solar e certos planetas que vagueiam na incerteza.

Na graça de não querer ser, um embarque inconsistente na desilusão de algures permanecer.

Palavras vãs se relatam na paranoia do momento, onde não se mostram sentimentos.

Apoio todos precisamos, temos de por isso acreditar na luz que em nós existe, afastando a desilusão.

Thereza Green







Imagem original(rosa caída pela geada da manhã)

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Acreditar na oclosão do sol

15:33

Acreditar em cada momento, como se do último se tratasse, num tom de desespero e de alguma exaustão. Caminhar através de uma luz poderosa ao fundo da montanha, que nos levará para onde realmente importa e é importante (será?).

Rasgar cada emoção num piscar de olhos brilhantes através de certa satisfação, contudo através de alguma angustia angustiante. O mundo consegue colocar-se a jeito para uma melhor expressão  do amanhã, um pensamento visionário que pode mudar a vida do insatisfeito.

As palavras podem ser  vãs ou apenas vento, mas muitas vezes chegam lá longe aos corações esquecidos.

Thereza Green

(imagem original)


sábado, 12 de novembro de 2016

Amizade😊




Uma pequena quadra escrita na toalha de papel de um restaurante revisitado.


Que a vida te sorria
E te alegre em cada dia
Sonhos se estabeleçam
E nunca desvaneçam.

Thereza Green

Há que viver cada dia como se não houvesse uma próxima hora.

 Imagem pouco nítida mas original tirada ontem à hora do jantar.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Desvario

3.11.2016

O desvario tomou conta de qualquer coisa que por aqui se possa passar. A alma deixou de existir, tudo se contesta em nada e nada. 

Acreditar num caminho nem sempre se resume a uma perfeita solução, somos seres em perfeita incoerência, vivemos sempre em busca de um melhor amanhã.

Um olhar ternurento se pede quando tudo parece mal, num rasgar sem qualquer ilusão, um existir sem saber muitas vezes porquê, um raio de luz inconsistente traduz o pensamento negativo de certas gentes. O mundo anda a caminhar num fosso de más energias onde precisa encontrar um equilíbrio renovador.

Thereza Green

(imagem Web)

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Escrever sem esquecer

17h00

Escrevo versos de amor sem nunca os viver

Ingresso numa expressão sem prazer

Amor será algo real ou é faz de conta

Diz-me lá se se encontra a alma tonta.


Escrever tentando sorrir, vendo a luz

O fundo do túnel que se mostra e seduz

Aquele tema que tanto a encanta

Na calma que por vezes se espanta.


O amor deve ser um ser miraculoso

Que atinge aquele ser pouco sedoso

O trepinhar desmentido se reporta

Sem qualquer vínculo à porta.


Versões de auto- critica se relatam

Na conversão de valores desvalorizados

O tempo de amor se perdeu na corrente

Do rio rasgado pela grande enchente.


Thereza Green


domingo, 16 de outubro de 2016

Amar a vida

16.10.2016

É preciso amar a vida como a si mesmo, porque senão nada tem sentido. Temos de achar o melhor cartão postal e seguir a direção certa. Não vamos nos perder no desespero e no cansaço explícito em cada dia.

A vida é complicada, por isso há que lhe dar aquela palmada de reconciliação e achar o que realmente importa para termos uma vida de equilíbrio e de alguma saúde confortável.

A alma precisava expressar os seus sentimentos mais reprimidos, e afastar a negatividade através de palavras esbeltas, sem sombras de redondância, longe das sombras da incoerência.

A escrita é uma grande aliada para conseguir certo equilíbrio emocional...

Thereza Green

 Imagem original



sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Preciso é acreditar

Viver no domínio irreal e fantasista não nos leva ao melhor tema, nem a melhor cena. 

Uma dor consome o inconsolável através da loucura assente num nada presente, em que tudo é confuso e tudo parece atrapalhar através de uma profunda desilusão de si próprio.

Há que querer arrebitar para um caminho diferente, com menos socalcos e mais elementos positivos.

Sabemos que vivemos num mundo torneado do bom e de algum mal à mistura, não é fácil, mas como diz o ditado tudo tem solução para conseguirmos a absolvição das nossas faltas.

Hoje é dia mundial do sorriso, por isso sorria, por cá também vamos tentar...

Thereza Green

(imagem web)

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Outra cultura

Estar por alguns dias num lugar diferente, faz ver-nos outras realidades, outros pensamentos, novas formas de trabalhar e de se organizar. Por isso há que tentar evoluir, e não se ficar pelo mais básico que temos.

Tenta-se mudar uma pouco todos os dias nem sempre é fácil, contudo há que convencer-se que mudanças são essenciais diariamente, senão ficamos perfeitos ignorantes, sempre a tentar um melhor amanhã, viver o hoje o melhor que se consegue, tentando sempre um pouco mais.

Achar-se demasiado básico não é nada bom, até chega a deteriorar a mente, e deixá-la na mó de baixo. Amanhã teremos outra forma de expressar e pensar.

Thereza Green 
Imagem original (Bruxelles)



domingo, 25 de setembro de 2016

O sonho faz sorrir o amanhã

(25.09.2016)

Sonhar eleva a alma para o outra viragem num elemento supermegaespecial, a alma precisa de mudanças, de sorrisos diversos e elementos que nos façam ver algo melhor que derrotem os nossos fracassos e as nossas angústias.

Tudo tem razão de existir, contudo temos de desenhar o nosso futuro através do melhor pensamento, sempre esperando um melhor amanhã, sempre numa evolução gradativa  que nos faz sentir diferentes e necessários no dia a dia.

O coração comanda de certa forma a nossa existência e faz com que tomemos caminhos contusos, que nos vão corroendo evasivamente.

O sonho pode concretizar-se amanhã há que começar a redigir uma nova transformação, uma senda de paz que nos faça ver do outro lado do espelho.

Thereza Green


(Imagem web)


sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Alma precisas sorrir!


Há que fazer esforços para superar a negatividade que por vezes nos acompanha, contudo temos de ser mais fortes do que tudo isso e darmos atenção aqueles que amamos.

A vida não é fácil, nada denota facilidade , mas tudo se faz mesmo quando nada satisfaz.

Sentimo-nos menores sem saber porquê. Porém até podemos ser grandioso na nossa pequenez humana.

A vida tem montes de contrastes e contradições, pois cada um é cada qual tem apenas o que merece.

Thereza Green


Imagem original


terça-feira, 20 de setembro de 2016

Mudanças assustadoras (crítica positiva)


A mudança de escola no segundo ciclo acaba por assustar os alunos que vêm do primeiro ciclo, são muitas transformações em pouco tempo.


As crianças andam com um peso devastador nas suas costas, exigências em demasia, as crianças deveriam ter as seus cacifos, como seria adequado, tudo a ver com uma questão de saúde.

Sofre-se em todas as idades, e a vida não é fácil em nenhuma idade, sobretudo no país em que vivemos. A política arrasa tudo e todos com as suas contrariedades, apoios e falta destes.

Melhor será ultrapassar o negativo que nos surge e aprender com ele.

Thereza Green


(imagem web)


domingo, 18 de setembro de 2016

Mais um dia de festa



A festa continuou num som numérico durante a tarde, o sol raiava num fervor alegre, traduzindo boa disposição .

O dia de ontem foi menos bom para alguns, contudo foi um sucesso e uma alegria empática. Como todos sabemos todos temos dias que correm menos bem, por isso há que ultrapassar.

O dia esteve fantástico, foi diferente mesmo sem muita êxtase.


Thereza Green


(Imagem original)


sábado, 17 de setembro de 2016

Tristeza não entendida

18:15

A vida por vezes coloca-nos cá em baixo fazendo chorar tudo que em fim nós transparece. O erro e a cobardia começam a pertencer a certos eus, que se esfregam na inconsistência e no derrame de pensamentos negativos. O mundo, as pessoas tocam evasivamente qualquer assunto sem ver se o outro se importa.

Há que sonhar e agarrar as boas oportunidades, mesmo que sejam tão poucas e tão raras. Por vezes as almas perdem-se no incoerente. Parece que hoje não temos imagens, não temos pensamentos bons, tudo se perde, nada se acha.

Thereza Green

(Imagem web)


quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Primeiro dia escolar

21:33

Uma nova era escolar acabou de descolar, em tom de brincadeira e alguma seriedade. Novos saberes, novas amizades, enfim tudo novo.

Apesar de muitos dizerem que a escola é uma chatice, esta é fundamental para bons desempenhos no futuro, pois como todos sabem "o saber nunca ocupou lugar" e o o melhor que podemos dar aos nossos filhos.

A vida é feita de altos e baixos, mas há que saber ultrapassar os males que passamos e aprender com eles. Um todo de muitas coisas faz parte de qualquer esquema que se viva.

Que este tenha sido um dia que marcará esta nova etapa na vida de qualquer estudante e numa qualquer idade.

Thereza Green


(imagem Web)

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Novo renascer

Hoje festeja-se mais um aniversário, que marca um novo recomeço, uma mudança de pensamento que se dá de forma singela.
 
Há que evoluir sempre com um pensamento inovador e criativo. O mundo nem sempre é o nosso melhor amigo, nem um relato do melhor assunto.
 
Por vezes parece que se perde o dedo para a escrita, e que o vazio inunda o espaço de forma evasiva, numa estranheza que se impõe de um modo impossível.
 
Esperemos que todos os que festejam o seu aniversário hoje estejam felizes por este dia tão especial que representa uma comemoração à vida.
 
Thereza Green
 
 
(imagem Web)
 

domingo, 11 de setembro de 2016

Desejo VS Poder



O poder ou desejo são a mais perfeita base da vida. É por meio destes que colocamos em prática o nosso pensamento, quando desejamos realizar algo. É necessário planear para alterar um qualquer desejo em determinação ou vontade. Aí surge o desejo e vontade como impulsos díspares, traduzidos através do pensamento ou de outra motivação qualquer.

 São bastante diferentes como até mesmo o querer pode e muitas vezes o faz, contradizer-se ao desejo para evitar determinadas confusões humanas. É isso que se vê na explicação destas palavras com tanta força, tratadas lado a lado e em comparação.

O querer tem muito “nervo” quando se luta afincadamente por aquilo que se quer. Como diz o ditado “querer é poder”.


Thereza Green


(Imagem Web)

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Noites mal dormidas

14:45

O descanso é essencial para conseguirmos ter um pensamento válido, o irrazoável toma conta de tudo assim como a negatividade. Há que ultrapassar o que não faz bem, e pular por cima do que nos deita abaixo de forma feroz.

Acreditar é a base de tudo, mas quando a dúvida se instala em relação a nós próprios parece que o mundo desaba de um momento para outro. Contudo há que ter fé em algo, na natureza, na música, na luz, na alegria das crianças, na paz, na honestidade e no sorriso de um mundo melhor.

Temos de crer que algo pode mudar, algo pode trazer-nos para a margem daquela sabedoria essencial, sendo que nos afastará da amargura desta intempérie que não sai do lugar.

As palavras esgotam-se e fogem como se não existisse nada no seu redor que as fizesse voltar....

Amanhã tudo muda.


Thereza Green

(imagem Web)



segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Viagem ao Porto

16:03

Um final de semana diferente com novas apreciações, um tempo bem distinto do de cá, nada a ver.

Estivemos na pensão Cristal, um lugar simpático, onde a simpatia existe em todas as pessoas que lá trabalham. Uma espécie de torre que nos transportou para um contexto diferente. 

A livraria Lello nos encantou, fazendo-nos lembrar os cenários do Harry Potter e da famosa autora que por lá passou. 

Vimos as pequenas feirinhas com gente que dedica o seu tempo ao pequeno artesanato, de forma tão peculiar. Turistas invadem o Porto neste inicio de setembro, traduzindo bons sentires a todos os cidadãos.

Thereza Green

(imagem Web)

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Ai que calor...

13:49

Já em fins de agosto e o calor continua a fazer transpirar de forma desmesurada, dias e noites quentes (ainda), perduram vagamente. Vivemos no tempo sempre inconstante.

O verão é sempre especial, pois os dias são grandões e isso faz do verão uma estação bem porreira.

Este ano o calor de verão deve alargar-se até outubro, visto que o verão começou tão tarde, pensávamos que não iria chegar, depois de tanta chuva. mas chegou com um  enorme sorriso de calor.

Thereza Green


(imagem Web)

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Dor...

11:36

A dor faz parte da vida, pertence a certos momentos deixando-nos um pouco cá em baixo. A vida é feita de pontos e contrapontos num desvario descascado de noções certas.

Não sabemos porquê mas certos momentos negativos dão-nos um alento diferente num emaranhar de cenas ocultas, sem dispositivos, sem medos, só alguns relevos.

Ai, ai e ai...

Thereza Green

(imagem Web)

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Ai vida bela!

14:37

A vida é feita de encantos e de alguns desencantos, contudo o positivo tende sempre superar o negativo de forma especial, estando com contornos um pouco loucos. Mas que raio de sentido teria esta vida se não houvesse altos e baixos, tudo faz parte, há que superar e encontrar sempre o melhor lado da moeda.

Em todo lugar existe o lado mau e o lado bom, temos de tentar achar sempre o meio-termo em qualquer situação, nada é fácil, tudo tem os seus "quês" e seus "porquês".

A vida à mistura com o sol dá-nos uma luz e uma felicidade bela e graciosa...

Hoje é dia para sorrir...

Thereza Green

(imagem web)

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Alma desvairada

10:07

Vivemos no mundo recheado de gente louca em tempos loucos, em que a crise pertence a qualquer sistema,no qual os acordos não existem.

Há que dar à volta a tudo e deixar a loucura voar através das asas da liberdade presente. Mesmo se não achamos soluções para os porquês, o vento leva-nos para o Querer, porém continua acomodado no Ser.

Há que sorrir mesmo se reside a tristeza, há que encontrar o meio-termo, e levantar o véu do inconstante. Abraçar a vida com garras será o melhor a fazer...

Thereza Green

Imagem Web



terça-feira, 16 de agosto de 2016

Amar e respeitar a vida

15:35

A vida é bonita mesmo com as suas complicações e facilidades, o rasgar a manta de desamores continua na incoerência da alma, numa travagem que nos conduz à ilusão de criança.

Temos de acreditar no bom que a vida nos pode trazer, não pensando no deixar levar, no julgar a razão através da isenção de sentimentos agravados pelo nada. Assim não se vai a lado algum, apesar de sermos capazes de ir mais além do que é pensado.

Criar o bom na sua circunferência traz o positivo para junto da alma, num acordar para uma luz que te guiará sempre. 

Thereza Green

(Imagem Web)


sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Fim de semana...

10:53

O fim de semana vai refrescar-nos a alma e dar-nos um alento diferente para continuar numa satisfação intensa. A razão escasseia num termo esgotado de sabedoria.

Nada parece ter consistência neste tempo incoerente, porém algo faz-nos ver o que parecia estar evadido da atmosfera, numa penitência amalucada e sem termos.

Escrever numa forma de evacuar as mentes de maus presságios e de certos péssimos momentos.

Temos de achar o meio termo, no qual encontramos a estação perfeita...

Thereza Green

(imagem web)




quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Equilíbrio

14:41

Equilíbrio é essencial para qualquer ser pensante, e até mesmo para os demais. O negativo não pode evidenciar-se sobre o positivo neste mundo com tantos prismas e carismas.

Até os sons do vento parecem causar uma dor devastadora, achando até que até mesmo que a luz intensa não deixa que a enxaqueca parta.

A perturbação é tal, que tudo parece virado do avesso, tudo parece ao contrário, rasgões de insensatez parecem caminhar ao lado de tantas emoções, e estas parecem consumir qualquer senda de vida.

Thereza Green

(imagem web)

sábado, 6 de agosto de 2016

Escrever faz tão bem

Hoje o dia começou com uma ida à praia da localidade logo as 8h30 da manhã, custa um pouco entrar, mas depois de se estar na água a satisfação é imensa, que se traduz numa paz e serenidade extraordinárias.

Trocam-se ideias e culturas diferentes, tudo num ápice de boas energias. O mundo é lindo e especial, mas há sempre quem estrague o maravilhoso com as suas faltas de cuidado.

Sorrir é o melhor remédio, assim como a expressão escrita ;-)


 Thereza Green

(imagem original)

sábado, 30 de julho de 2016

Great dinner

23:15

Hoje fomos ao "o Abel", onde fomos bem servidos onde comemos uma delicioso

manjar, juntamente com uma boa conversa bilingue, troca de pensamentos e 

culturas diversas, que nos fez rir desalmadamente.


Os sabores misturaram-se com boas energias neste lugar nosso vizinho, o 

sucesso é merecido apesar de um pequeno senão que lhes comentarei 

pessoalmente se assim o desejarem.



Agradecemos a simpatia dispensada...


Thereza Green

Imagens facebook e site

sala

domingo, 24 de julho de 2016

Não é fácil

21:29

A vida tem um encanto sensacional em toda a sua essência, vivemos na presença de contratempos e de pessoas confusas com suas vidas num mixe de bom e mau.

Escrever num filosofar sem qualquer tema, onde tudo parece ser feito de um repelente poderoso que destrói qualquer bom pensamento. Contudo o mau também não consegue encontrar um lugar cativo.

Nada é fácil neste mundo de loucos em que todos querem arrasar com o seu igual, para conseguir o topo.

Pensar no degredo nada traz de bom ao momento, há que conseguir buscar sempre aquelas soluções luminosas que não fazem mal ao nosso próximo.

Há que sorrir e acreditar no presente.

Thereza Green 

(imagem web)

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Descansar das férias

As férias são boas até certo ponto, mas quando temos quase 24 horas de viagem, o cansaço supera o descanso que se teve.

A praia até faz bem, quando não se passa dos limites exigidos, e o mau estar supera o descanso, que cena.

Um rasgar de emoções se arrastou de forma fugidia e de certo cansativa, viemos de um mundo onde as pessoas são frias numa mistura estranha e complicada. 

A praia pode ser um lugar de sonho, contudo este tempo de praia e piscina acaba por ser saturante e sem graça. Depois de um tempo o sonho vira pesadelo.

Thereza Green

(imagem Web)

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Descanso precisa-se!

20:31

Férias também são necessárias quando o cansaço é extremo e delirante, a vida tem contornos deveras excessivos que precisam ser limados com umas férias bem relaxantes.

A vida ás vezes é estranha, num passe de certa loucura à mistura. Os caminhos por vezes entrelaçam-se entre os espinhos dolorosos de certas situações numa moção de angustia e autocensura.  

Venham as férias...

Thereza Green


(imagens Web)

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Fazer filmes

20:17


Ás vezes temos de fazer filmes usando o imaginário e a criatividade de forma relevante, para que o nosso dia à dia não pareça igual a outro.

Há que criar pensamentos iluminados para que tudo pareça magia, numa oração de bons sentimentos e raios de luz positiva que acabem por curar o que por vezes nos destrói de forma miudinha mas eficaz.

Há que acreditar que melhores dias virão para todos, num despertar de graça e perseverança. A vida é bela, porém nem sempre enxergamos o que pode vir a ser bom para o agora ou futuro próximo. 

Thereza Green

Imagem Web

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Loucura

16:53

Este tempo de sobreaquecimento parece que tudo fica confuso, até o que nos dizem, tudo chateia. Como se a loucura se expressasse de forma notória e um pouco absurda, numa absorção iludida e desprovida de saber.

A luz profunda dói e desfaz qualquer caminho de isenção, tudo está baralhado num devaneio presente e ao mesmo tempo ausente.

Caminhos sem cor se propõe sem qualquer susto, tudo tem a sua razão de ser... 

Thereza Green

(imagem web)