sábado, 14 de janeiro de 2017

Escrever agracia o coração

11:07

As nossas graças nos conduzam a elementos positivos, mesmo o dia 13 de ontem pode ser um tema de alegria, de paz e amor no coração, numa aludência (ilusão- neologismo) suberba. 

Agraciemos cada dia com alegria e alguma satisfação, tentar entrar no espaço sideral e viver na luz. Sobreviver ás intempéries, resistindo a escuridão, escolhendo o lado bom das coisas, numa essência especial, efetiva e reformuladora dos pensamentos evasivos e destrutivos.

Alegremos a nossa alma por respirarmos numa escolha de bom-gosto e desejo pelo que te faz bem, te faz sentir numa boa onda, numa trilha traçada para um presente e futuro diferente.

O frio apesar do sol encantador que o acompanha tão apaixonadamente, num tema gelado que aquecerá com um chá quente e saboroso. Escrever alimenta a vida, faz-nos ver o mundo de forma distinta, com um sorriso na essência que se assiste.

Thereza Green


(imagem web)

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Ai, aí!


Há que evitar maus pensamentos, relegados ao inconsciente, na expressão vazia, no tema iludido de qualquer verdade ou de qualquer caminho vazio de propriedade severa, num resumo sem contexto, num veredito sem juiz.

A luz apagou-se como presença inativa, como caminho insensato, como tristeza que não mata mas corrói a alma em toda a sua extrema extensão. 

Há que viver através da ausência de empatia p com a sociedade. O dilúvio se aproxima e se perde para partir para onde ninguém sabe verdadeiramente.

Tudo se resume a uma certa ilusão desgastada sem princípios reais.

Thereza Green





Foto original

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Lua nua

19:39

Hoje a lua cheia 🌕 está repleta de bons agouros, sorrisos de boa razão num tema de ótima disposição. Lua misteriosa preenches o coração ❤️ de amor e ilusão com a tua presença tão próxima e tão afastada ao mesmo tempo. 

Uma emoção sem contenção se espalha no ser contemplativo, dando um espaço diferente à noite.  O amor pelo astro não tem explicação, o melhor ainda está para acontecer, nem tudo é tão mau ou tão bom que não possa disparar gotas reais de sensação plena num rasgo de boa disposição.

Há que devolver o amor-próprio aquela que pensa tê-lo perdido na confusão dos dias, na presença de pensamentos 💭 criados na desilusão e na presença de mal entendidos, de olhares 👀 incoerentes. Um novo recomeço temos de criar para poder afastar os pensamentos negativos e destrutivos da nossa mente tresloucada na dança da vida.🌸

Alegremos cada dia com mais um passo, mais uma luta, mais um tema, onde a lua está sempre presente no nosso cotidiano, numa luta diária para tentar achar algo melhor para amanhã. A lua representa um máximo de noções infindáveis que preenchem a personagem perdida através da desilusão🔒fechada em certo coração perdido na razão de ser.
 
Thereza Green

 Imagem Web