sábado, 17 de setembro de 2016

Tristeza não entendida

18:15

A vida por vezes coloca-nos cá em baixo fazendo chorar tudo que em fim nós transparece. O erro e a cobardia começam a pertencer a certos eus, que se esfregam na inconsistência e no derrame de pensamentos negativos. O mundo, as pessoas tocam evasivamente qualquer assunto sem ver se o outro se importa.

Há que sonhar e agarrar as boas oportunidades, mesmo que sejam tão poucas e tão raras. Por vezes as almas perdem-se no incoerente. Parece que hoje não temos imagens, não temos pensamentos bons, tudo se perde, nada se acha.

Thereza Green

(Imagem web)