sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Luar cheio de quase Natal



ūüĆē 16-12 (22:59)

ūüĆē



A Lua já não está tão cheia, mas continua encantadora e ainda bela. Especial em toda a sua luz que muito seduz e induz a um encanto maravilhoso. Ela eleva o espírito para lá dos limites do universo. A vida é linda, mas com a lua fica muito mais luminosa, mais divina. Num tom recheado de gostos e reviravoltas agraciadas por espíritos de luz, onde a verdade e a ilusão começam a desvendar-se.



A Lua levanta a auto-estima um pouquinho assentando a alma num patamar diferente, num tempo onde temos a inst√Ęncia de sensatez e maluquice ao mesmo tempo. Temos de fazer sorrir a alma, faz√™-la ir mais al√©m do que fict√≠cio.




Alegrem-se os c√©us e a terra ūüĆŹ, acreditemos num novo olhar, no pensar razo√°vel, numa raz√£o de existir e de querer viver atrav√©s do fio da agulha.

Que o Natal seja de bons pensamentos ūüí≠ e de bons e novos segredos...







Feliz Natal



Thereza Green