domingo, 21 de fevereiro de 2016

Tenhamos melhores dias..

11:19

Sentir algo que não nos pertence como quem nada quer, um andar para o sorrir do sol, sem nunca jamais conseguir resistir a milhões de boas sensações.

Os dias acompanham o sorriso da alma, num grafitar que vai marcar o corpo tremulo assentando a cada momento num amasso indefeso.

O sol realmente conduz a vida a outros momentos perfeitos, num amor sem prejuízos fatais. Só e apenas se quer alguma calma no coração, sem nunca esperar seja o que for.

Tal como querer algum conforto ao mero e breve subsistir. A afronta é apresentada todos os dias como que um tiro divergente. Há que alimentar a substância que transmite a luz da mudança.

Haverá sempre melhores dias...  

Thereza Green

(imagem WEB)