quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Ai que dor...

15:09

Certas vezes as dores perseguem-nos como se não houvesse amanhã, como se de um temporal se tratasse. Viver na inconstância do que vem a seguir, sempre a tentar achar algo melhor que nos convença a ir muito mais além.

Acreditar que podemos encontrar o verdadeiro método de ser, que não existe, porém temos sempre que caminhar para um patamar que nos traga aquela segurança tão essencial.

Deus ajuda as pessoas que ainda não acharam o seu ponto vital para conseguir ultrapassar tempestades de problemas que fazem parte de cada momento intuitivo e sábio.

Ó loucura desajustada o que te faz tão importante? 
Será humor? (não é certamente). Será sonho? Seja o que for, tudo se aparece em confronto.

Thereza Green

 Resultado de imagem para loucura(imagem WEB)