terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Grito de satisfação

10:45

Gritar faz bem, saem todas as mágoas que cá se fundem. O sol, o monte, a natureza é o melhor para aliviar a revolta contida no interior.

Há que esquecer as amarguras e seguir em frente numa tonalidade excelente, precisa-se da luz como que um sol diferente para nos encaminhar.

A voz entoa para afastar os medos contidos, na presença incisiva que reclama menos vergonha e o conseguir enfrentá-los na boínha.

As cegonhas passam mesmo ao lado, os seus sons chamam vida e a melhor energia. Conseguir superar num raio circular o momento a enfrentar com coragem luminosa neste nobre e altivo divagar.

Sentimentos nos iludem, nos perseguem e nos afastam do melhor singrar. Os caminhos  se cruzam desafogadamente através de pensamentos opostos...

Thereza Green



(imagem web)