quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Agradecer mesmo assim

15:49


Apesar da negatividade que muitas vezes gere os dias, tal como esta quinta-feira, uma avalanche de dor de cabeça assolou-se no lugar.

O coração sente um aperto atroz na sua alma, o degredo ataca novamente sem deixar asas para soluções, chorar por melhores dias, sentimentos de revolta se pegam ao chão.

A razão perde o sentido do ridículo, nada importa, tudo se confunde no desgaste emocional. As lágrimas dominam tudo, as vezes nem apetece existir, não se entende. O pó de estrela perdeu-se na ironia do destino sem continuação à vista. 

Uma formiga tem mais importância no ecossistema do que alguém que escreve sem tema, que apenas divaga para acalmar o espírito atordoado.

Agradecer por cada dia é o melhor a fazer mesmo quando não existe equilíbrio nem compensação.

Thereza Green

agradecer após a entrevista de emprego(imagem web)