quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Porquê estar triste?

14:59


Sentir uma revolta que decalca um grande sulco da alma, não entendo o porquê estas revoltas à nossa volta, o porquê de tanta desilusão. O meu eu deve ter algo em si que afasta as coisas boas, não dá para entender o porquê, a razão deste existir sem  a presença ativa, a ação de certa divagação na loucura estampada, no desvanecer, no nada que me fazem experimentar.

Thereza Green

Imagem Web