sexta-feira, 21 de março de 2014

Dia da poesia

20:57

A poesia é vera magia

Que até o cego via

É escrever os sentimentos

E alguns lamentos.


É um mundo que não alucina

É a alucinação que domina

Antíteses surgem da alma

Sempre a elevar com calma.


Hoje é dia da natureza

Sempre com singeleza

Encontramos o mais simples

Em tudo o que contemples.


Thereza Green 


fotomontagem