domingo, 2 de fevereiro de 2014

Sorriso lento

2.02 14:41

Escrevo com uma dor alienar-me a alma, a dar-me palmadas de quando em vez. 

Que a dor não seja a ponte para a infelicidade.

Sorriam e sejam felizes....  ;-)


Thereza Green

(imagem WEB)