terça-feira, 13 de novembro de 2012

Deserto

Vivemos num deserto de emoções, onde nada parece importar!

(imagem web)















Thereza Green